Ainda dá tempo de doar parte do imposto a uma boa causa

 In Notícias Selecionadas

Inspiration concept crumpled paper light bulb metaphor for goodEscolhido para receber doação deve ser cadastrado em fundos municipais, estaduais ou federais

Para onde vai o dinheiro dos impostos que pagamos? Pelo menos para uma parte bem pequena do Imposto de Renda (IR), o contribuinte pode escolher a resposta. Pode ser instalações melhores para crianças em tratamento de câncer, equipamentos para um CTI neonatal, programas de capacitação para jovens e reabilitação para crianças com deficiências físicas ou neurológicas, dentre outras opções. É que a legislação permite que todas as pessoas destinem até 6% de seu IR para projetos sociais e culturais. Desse total, ainda dá tempo de destinar 3% neste ano, que é o limite para doação direta no ano da entrega da declaração.

Para receber ajuda, o projeto tem que estar cadastrado em fundos municipais, estaduais ou federais voltados para os direitos das crianças, idosos, e programas de atenção a pessoas deficientes ou com câncer. São esses fundos que distribuirão os recursos, mas a doação pode ser direcionada.

Aos 11 anos, Cibelly Vitória Gomes Mesquita não sabe o que é Imposto de Renda. Mas sabe que, se não fosse pelo trabalho gratuito da Associação Mineira de Reabilitação (AMR) – mantido graças a doações como essas destinações do IR –, ela não conseguiria jogar basquete ou futebol. “Quando eu jogo, nem me lembro que uso muletas. Os professores estão sempre perto, ajudando a mim e aos cadeirantes”, conta Cibelly, que nasceu com mielomeningocele, uma malformação na coluna vertebral.

Fonte: www.otempo.com.br

Start typing and press Enter to search